Tag

database

Tendências 2021: Data and Analytics Leaders

Por Tendências Sem Comentários

Mesmo antes da pandemia, muitas empresas estavam começando a priorizar um uso mais estratégico das suas bases de dados. A situação econômica atual apenas aumentou sua urgência. Tendo em vista o cenário de 2021, a Gartner, empresa líder mundial em pesquisa e consultoria, apresentou um relatório de predições para a área de tecnologia para os próximos anos. Confira os nossos highlights:

  • Até 2023, cloud architects se tornarão os principais interessados ao adquirir ferramentas analíticas e de BI, à medida que a escalabilidade e os ecossistemas de nuvem coesos passam para as 3 principais considerações de compra.
  • Até 2023, as organizações com processos compartilhados de ontologia, semântica e governança, focados em permitir o compartilhamento de dados entre empresas terão um desempenho melhor do que aquelas que não o fazem.
  • Até 2024, 75% das organizações terão estabelecido um centro de excelência centralizado de dados e análises (D&A) para apoiar as iniciativas federadas de D&A e prevenir o fracasso empresarial.
  • Até 2024, 30% das organizações irão investir em plataformas de governança de dados e análises, aumentando assim o impacto de insights confiáveis e projetos de eficiência nos negócios.
  • Até 2024, 50% das organizações adotarão soluções modernas de qualidade de dados para melhor apoiar suas iniciativas de negócios digitais.
  • Até 2025, 80% das organizações que buscam dimensionar os negócios digitais fracassarão porque não adotam uma abordagem moderna para governança de dados e análise.

 

Aceleração de Negócios Digitais

No ebook “Top Priorities for IT Leadership for 2021“, a consultoria aponta que 69% dos conselhos responderam ao COVID-19 com aceleração de negócios digitais, enquanto 60% optaram por melhorar a excelência operacional por meio de negócios digitais – as duas principais prioridades do conselho, de acordo com a Pesquisa de Conselhos de Administração do Gartner. O progresso constante não é mais suficiente, no entanto. Os conselhos têm os CIOs focados na aceleração.

Em média, os CIOs esperam que seus orçamentos cresçam em média apenas 2% em 2021 – mas isso não é o achatamento ou cortes vistos durante a crise financeira global. Conselhos e CEOs sinalizaram que colocarão recursos reais por trás da aceleração digital – e o caminho da empresa para o futuro passa pela TI. A necessidade de ação é urgente. As organizações que aumentaram seu financiamento para inovação digital têm 2,7 vezes mais probabilidade de ter um desempenho superior do que um desempenho inferior.

 

Uma Base de Dados que Funciona Estrategicamente

Apesar dos pesados ​​investimentos de longo prazo em gerenciamento de dados, muitas organizações continuam a ter crescentes problemas em duas bases de dados. Um dos motivos é que os dados são tradicionalmente percebidos como apenas um aspecto de um projeto de tecnologia; não são tratados como um ativo corporativo. Por causa disso, algumas empresas acreditam que planejamentos tradicionais são suficientes para resolver os problemas contínuos com as bases, com uma visão estritamente técnica.

Como o armazenamento de dados corporativos cresceu em tamanho e complexidade, tornou-se imperativo que se crie estratégias de planejamento, prevenção e controle de incidentes. Na Timbira, nossos contratos são personalizados para otimizar todas as necessidades que a sua empresa tem em relação a banco de dados. Nada de contratações amarradas ou venda casada. Nosso objetivo é ajudar a sua empresa a crescer com mais conhecimento e melhores resultados. Liberdade é ousar nos tornar desnecessários!

Entre em contato!

 

PostgreSQL 10 lançado!

Por Releases Sem Comentários

No dia 5 de outubro de 2017, foi lançada oficialmente a versão 10 do PostgreSQL. Dentre as muitas novidades desta versão estão o Particionamento de tabelas declarativo e a replicação lógica. Você pode assistir ao vídeo “Novidades do PostgreSQL 10” e “Replicação Lógica no PostgreSQL 10” no canal da Timbira no Youtube ou ler as notas oficiais de lançamento no site do PostgreSQL.

Um dos pontos mais importantes destacados no lançamento foi a característica crítica das cargas de trabalho modernas. Existe a necessidade de distribuir dados em vários nós para acesso, gerenciamento e análise mais rápidos, estratégia também é conhecida como estratégia de “divisão e conquista”.

O PostgreSQL 10 inclui melhorias significativas para implementar efetivamente a estratégia de divisão e conquista, incluindo replicação lógica nativa, particionamento declarativo de tabelas e melhorias na funcionalidade de paralelismo de consultas.

 

Nesta versão, tivemos 4 brasileiros contribuindo diretamente com código e revisão de código:

  • Euler Taveira, da Timbira – reconhecido por ser o desenvolvedor do PostgreSQL mais antigo do Brasil;
  • Fabrízio de Royes Mello, da Timbira – hoje o desenvolvedor do PostgreSQL mais ativo no Brasil;
  • Matheus Oliveira e Marllius Ribeiro – nossos estreantes em suas contribuições no core do PostgreSQL.

Nossos parabéns a todos que contribuíram para mais uma versão incrível do banco de dados livre mais avançado do planeta!

Conheça as demais contribuições da Timbira para o PostgreSQL em nossa página “Show me the code“.